Manifesto

Deveríamos estar trabalhando, mas estamos sentadas na sala de espera de mais um exame chatíssimo e constrangedor. Deveríamos estar pensando naquela bolsa escândalo da vitrine do shopping que combina certinho com aquela sandália luxo que você demorou meses para conseguir comprar, mas estamos aqui ansiosas, roendo as unhas para saber se teremos imunidade para enfrentar mais uma sessão de quimioterapia. Deveríamos estar lendo “50 tons de cinza”, mas a literatura favorita agora passa longe dos romances. “Anticâncer” é o livro que nos causa arrepios, emociona e vira o “minuto de sabedoria” diário. Nossos ídolos? O Doutor, o Google e a menina que passou por tudo isso e ficou grávida. Nossa vida social? Animadíssima!!! Ou você acha que dá tempo de ficar em casa com tanto compromisso médico? Nosso futuro? Se antes o foco era ficar rica, encontrar o cara perfeito e ter filhos lindos, agora o principal objetivo é voltar a emagrecer, recuperar os cabelos e continuar viva.

Bem-vindos à nossa realidade. Numa idade em que estaríamos formando família, saindo da universidade, nos realizando profissionalmente, sendo mães, enfim, realizando sonhos, o câncer nos pegou.  Oras bolas! Mas isso não é doença de quem bebe e fuma, quem faz maldade, come qualquer coisa e morre de preguiça de malhar? Antes de qualquer coisa, aprenda que câncer não é pra quem merece, mas estamos aqui para provar que apesar do que possa parecer num primeiro momento, isso não é o fim. Isso pode ser o começo. O REcomeço de uma linda história. De garra, de superação, de mostrar para os outros que a gente pode mais. E ainda mais depois do câncer.

Somos sobreviventes. Somos guerreiras. Somos vitoriosas. E estamos juntas nessa para mostrar que podemos passar pelo câncer sendo mulher. Seja mulher, seja uma Menina de Peito, mas de salto alto e com a autoestima lá em cima, afinal, não é pra qualquer uma enfrentar tudo isso e poder se olhar no espelho e dizer: “Estou linda! Estou Viva! Esse batom novo até que ressaltou o charme da minha careca”.

Existe vida após o câncer. E durante o tratamento também. Não se esconda, não fique triste, não perca a doçura! Orgulhe-se de ser uma super mulher. E como toda mulher, uma heroína. Que tem sonhos. E que corre atrás deles. E que vence. Seja ele qual for. Seja como for.

Junte-se a nós. Juntas somos fortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.